SIGA >>>>
canais > unidade
Escola Fiocruz de Governo (EFG)
Dados da unidade
Programas
Cursos
Laboratórios

Sistemas Siga   
 
Usuário
Senha
Esqueceu o Login?



 

Untitled Document
Escola Fiocruz de Governo (EFG) (EFG)
Escola Fiocruz de Governo - EFG

Ao se tornar realidade, em 2011, a Escola fortaleceu as ações de formação já existentes no Núcleo Federal de Ensino (NFE), primeira estrutura de formação na Fiocruz Brasília. O curso DE Especialização em Direito Sanitário, no mesmo ano garantiu a capilaridade dos processos formativos, por meio da oferta dos cursos de atualização vinculados aos módulos de especialização. Assim, além do curso regular, havia quatro cursos de atualização. Esses cursos tornaram-se uma atividade constante, ampliada em função da diversidade de programas existentes e do fortalecimento do ensino na Fiocruz Brasília. Assim, em 2012, foram oferecidos seis cursos de atualização, que contaram com a participação de 123 estudantes. Entre 2011 e 2013, a Escola Fiocruz de Governo renovou, junto com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o acordo de cooperação para dar continuidade à formação dos seus novos servidores. Foram oferecidas, nesse período, as 13ª e 14º turmas de Especialização em Vigilância Sanitária, formando 63 trabalhadores. Em todas as edições, já foram formados cerca de 450 trabalhadores. Ao atuar de forma articulada com as demais unidades da Fiocruz, a Escola Fiocruz de Governo acolheu em suas dependências 18 cursos de pós-graduação, entre especializações, mestrados profissionais, advindos da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp), do Instituto Fernandes Figueira (IFF) e do Centro de Pesquisas e Estudos Aggeu Magalhães (CPqAM ? Fiocruz/Pernambuco). Um marco na consolidação da EFG foi a publicação de um conjunto de portarias com regimentos, regulamento incluindo a mudança do nome para Escola Fiocruz de Governo, enfatizando o pertencimento de toda a Fiocruz. Entre 2014 e 2015, com a aprovação do Mestrado Profissional em Políticas Públicas em Saúde, na área de concentração em Saúde Coletiva da CAPES, e com o objetivo de fortalecer os processos formativos da Escola, foi publicado um conjunto de portarias e regimentos sobre os modos de funcionamento da pós-graduação, incluindo a concessão de título de Notório Saber. Tal processo foi um marco da consolidação da EFG, uma vez que inclui a mudança de nome para Escola Fiocruz de Governo, de modo a demarcar o seu lugar como de toda a Fiocruz e inaugurou na Fiocruz a valorização, por meio do Notório Saber, das trajetórias de profissionais que se dedicaram de forma intensa e comprometida com as políticas públicas. ESCOLA FIOCRUZ DE GOVERNO - FIOCRUZ BRASÍLIA Nos anos de 2015 e 2016, a EFG buscou desenvolver ações formativas que pudessem representar a interlocuções das competências apresentadas pelo corpo docente e as demandas existentes, de modo a contribuir para a formação em saúde pública no centro-oeste e viabilizar, a médio prazo, sua inserção mais fortalecida no cenário nacional. Assim, a Escola Fiocruz de Governo realizou ao longo do ano de 2015, em parceria com os programas de pesquisa da Fiocruz Brasília, 20 cursos, sendo oito de atualização, um de aperfeiçoamento, dois de especialização na modalidade presencial, um de especialização na modalidade à distância e nove de cursos livres. Os processos formativos oferecidos, em consonância com os Programas de Pesquisa da Fiocruz Brasília, contemplam as seguintes linhas temáticas: Direito Sanitário, Gestão e Planejamento em Saúde, Educação, Saúde e Cultura, Redes Sociotécnicas, Intersetorialidade, Ética e Bioética, Campo Floresta e águas, Trabalho, Ambiente e Saúde, Alimentação e Nutrição, Epidemiologia, Avaliação de Tecnologias e Cooperação Internacional em Saúde. Esses cursos contaram com a participação de 1092 pessoas, distribuídas entre trabalhadores, gestores e usuários do SUS. Ainda em 2015, a Escola certificou 29 eventos, que contaram com a participação de 1061 profissionais que atuam no campo das políticas Públicas em Saúde. É importante destacar que todos os eventos foram realizados a partir de articulações realizadas pelos Programas de Pesquisa da Fiocruz Brasília. Do total dos cursos ofertados em 2015, nove compuseram o Programa de Incentivos à Publicação (PIP), lançado pelo Laboratório de Educação, Mediações Tecnológicas e Transdisciplinaridade em Saúde - LEMTES/EFG. A EFG está organizada em cinco áreas de atuação: Laboratório de Educação, Mediações Tecnológicas e Transdisciplinaridade em Saúde, Núcleo Técnico Administra�� vo, Núcleo de Atendimento, Secretaria Acadêmica, Biblioteca e Núcleo de Educação a Distância ?, que se encarregam de promover as ações de ensino da Fiocruz Brasília. A Fiocruz possui um quadro de servidores que compõem um corpo docente qualificado, atuantes em diversas áreas de trabalho e pesquisa, e que estão presentes nas atividades de ensino, promovendo a capacitação de profissionais que atuam na área de saúde do país. São numerosas qualificações curriculares que atendem a várias disciplinas. A Escola Fiocruz de Governo - EFG, além de seu corpo próprio de doutores e mestres, conta com a colaboração dos docentes das unidades da Fiocruz distribuídas por todo o país. São Institutos de Pesquisa, Laboratórios de Produção de Medicamentos e Escolas de Saúde Pública, dentre os quais: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - ENSP; Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães - CPqAM; Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde - INCQS; Instituto Oswaldo Cruz - IOC; Instituto de Tecnologia de Fármacos - Farmanguinhos; e Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos - Bio-Manguinhos, etc. Além da parceria com a Universidade de Brasília ? UnB e outros convidados.
Diretor(a): Gerson Oliveira Penna                       Maria Fabiana Damásio Passos
Vice-diretor(a): O vice-diretor não consta na base de dados.

Endereço: Avenida L3 norte, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Gleba A , SG 10, Térreo - Bloco Educacional, Asa Norte, BRASILIA, DF, Brasil, 70904970


Voltar